Edição 581 de 06/10/2017

A culpa não é minha!

É isto que costumam dizer as pessoas que não assumem a responsabilidade pelo que delas se espera. Na maioria das vezes coloca a culpa no outro e ninguém assume a responsabilidade. E aí, simplesmente as coisas que se esperam não acontecem. Esse tipo de atitude pode ocorrer em empresas, mas também na política, nos setores públicos.

Assumir responsabilidade significa responsabilizar-se pela vida que se tem, decidindo-se em responder pelos compromissos, bem como, pelas consequências dos atos tomados por si ou por uma outra pessoa. Em outras palavras, é enfrentar os compromissos e as situações que surgem na vida com coragem e atitude, comprometendo-se com a consequência de uma ação.

A consciência de cada ser é que determina sua responsabilidade perante a vida e o quanto vai se comprometer nela. A responsabilidade se inicia com aspectos de interesse próprio para depois ser de interesse de uma coletividade. Inicia-se com a responsabilidade de uma casa, com os afazeres do trabalho, com as necessidades da família, para depois se responsabilizar pela conservação do planeta ou pela evolução da humanidade.

Comprometer-se com a vida depende do quanto se compreende este processo todo e do quanto de dignidade e brio se opta em expressar. Um comportamento pessoal de inveja e maledicência pode prejudicar uma pessoa, assim como uma atitude de assertividade pode ser o exemplo que ela precisava para tomar uma decisão, e os seres sempre estão inseridos em situações em que podem fazer algo positivo.

No dicionário, a palavra assumir é definida como chamar para si, tomar para si, no entanto, não se faz isso com todos os compromissos que se assume. A verdade é que se pode comprometer com responsabilidade ou pode-se fugir dela. Cada ser opta em responder pelas consequências de seus atos ou fugir delas. 

Assim, assumir efetiva-mente uma responsabilidade ocorre quando se enxerga a real necessidade de fazer algo pela própria consciência, o fazendo. Quando um ser está realmente decidido, ele não esquece desta responsabilidade na agitação do dia e não a transfere para outras pessoas, nem a deixa depender de algo que não dependa dele mesmo. Ou seja, é um comprometimento pessoal que não falha. Como assumir a responsabilidade de prover uma família, de educar um filho, de assumir um posto de liderança de um trabalho, ser um bom pai, um bom marido, etc.

Assumir uma responsa-bilidade demanda disciplina e honra, transformação de vícios, e isso significa correr atrás de soluções e ser digno no que se compromete a fazer. Ter honra e dignidade é fazer jus à capacidade que Deus deu a todos e agir em conformidade com ela, subjugar essa capacidade por qualquer motivo é ser indigno da condição de ser evolutivo. Pois todo homem é dotado da capacidade de criar circunstâncias positivas em sua vida, as limitações se fazem presentes por opção de cada ser. Ou seja, muitas delas existem por criação do ser, que se torna indigno e irresponsável por não responder ao que lhe compete.

As responsabilidades da vida crescem conforme cresce nossa capacidade de lidar com elas. Assumir uma responsabilidade é tomar para si o dever da ação que a consciência indica. E este dever pode se apresentar nas mais diversas formas ou situações, no entanto, a consciência sempre indicará o caminho. As responsabilidades são mecanismos de aprendizagem (disciplina, assertividade) e treino para uma postura moral.

Conforme se assume responsabilidades adquire-se maturidade de vida e satisfação a cada cumprimento delas e novos compromissos aparecerão. 

A melhor forma de exercitar assumir uma responsabilidade é partir do exemplo prático da própria vida, ou seja, sabemos quais são nossas responsabilidades ou, se não sabemos, basta uma observação na nossa vida. Pois a vida apresenta as responsabilidades que se deve tomar, e nossa consciência a necessidade de nos comprometermos nelas. 

Com informações: 

www.ipe-instituto.org.br

Central São-manuelense de Comunicação – Jornal O Debate, Rua Cel. Rodrigues Simões, 69
Centro – São Manuel – SP, Telefones (14) 3842.3637 / 3841-4459 – contato
Desenvolvimento e Hospedagem: TeraQualy