Edição 587 de 20/12/2017

Paz e esperança: é Natal!

Natal, palavra mágica que tem cor, sons musicais, brilho de luzes, perfumes, cheiros e sabores. Não adianta negar. Ninguém, religioso ou não, cristão ou não, fica indiferente à chegada do Natal. Alguns mais, outros menos. Uns se sentem felizes, outros tristes.

Na época de Natal nos voltamos ao nosso passado e nos damos conta de quantos sonhos, alegrias ou tristezas moldaram a nossa vida. Essas lembranças se renovam e um misto de felicidade, melancolia e saudade toma conta da gente. Querendo ou não, voltamos à nossa infância, à família, às outras noites de Natal. Alguns podem dizer que há mais tristezas que qualquer outra coisa. Talvez porque essas pessoas não tenham sabido conservar a esperança e, sendo assim, não podem penetrar no espírito do Natal. Porque Natal é o renascimento que ocorre, simbolicamente, a cada ano, personificado na figura do Cristo Criança, que volta para estar entre nós, mas, sobretudo, dentro de nós.


Não tem importância se você é cristão ou não. A mensagem do Natal é a do amor universal, da paz e boa vontade entre os Homens. Mesmo que você pense que isso é uma tolice por viver em dias de tanta desilusão, ceticismo, abandono e violência, onde o homem se afastou do sagrado, o símbolo, NATAL, chama por nós e por isso, mesmo negando, somos tocados por ele.

O espírito de natal é um estado que deve ser vivido constantemente durante todos os dias do ano, a fraternidade, o amor pelo próximo, a fé da renovação na figura do Menino Jesus, é algo para ser permanente, constante em nossa vida.

O costume de comemorar o Natal é um fato. Não esqueça, porém, de ajudar aos que não podem sentir a magia desse momento. Há um ideal que nasceu com os homens: o desejo de dar e receber, o sonho do amor universal, infelizmente tão difícil de alcançar que às vezes nos esquecemos dele.

A generosidade vai além do dinheiro. Podemos ser generosos sem necessariamente termos dinheiro, podemos oferecer gratuitamente amor, atenção, carinho, solidariedade e principalmente respeito, aprendendo a olhar as pessoas que estão à nossa volta como seres humanos, não apenas enxergando seus defeitos, mas as suas qualidades e seus potenciais.

Aproveite então o Natal. O espírito do Natal é um estado interior de despertar espiritual, o despertar do Cristo e sua mensagem, o Cristo cósmico que deseja renascer dentro de nós. Manifeste o Cristo latente dentro de você e perpetue este sentimento nos 365 dias de 2018, 2019, 2020...

Central São-manuelense de Comunicação – Jornal O Debate, Rua Cel. Rodrigues Simões, 69
Centro – São Manuel – SP, Telefones (14) 3842.3637 / 3841-4459 – contato
Desenvolvimento e Hospedagem: TeraQualy