Por Osmar Corrêa esportes@odebateregional.com.br

Edição 409 de 15/03/2013

Heeiiinn???




Aquele deputado nordestino chega a uma pequena cidade do Nordeste para entregar uma obra. Com seu fiel secretário, o escudeiro de baixa estatura, terno surrado, óculos fundo de garrafa, mas eficiente, pronto para tudo anotar e arrebanhar eleitores para o patrão.

Já o mandatário tinha dois pequenos defeitos, era surdo e se irritava facilmente. Chegaram a Prefeitura da cidade, cumprimentos de praxe, homenagem, promessas, etc. Entrando no gabinete do prefeito, o secretário pergunta: 

- Posso fechar a porta?

- Hein? Horta? Taí uma ideia, vamos apresentar um projeto de hortas comunitárias para este município.

 O prefeito:

- Mas deputado, o problema da seca, aqui pouco chove, uma horta seria inviável pela falta de água.

- Não se preocupe, vocês receberão também carne seca sem sal, assim economizarão água e terão sede de progresso. Assim é que eu gosto, este município vai longe...

Chegam ao local da futura obra doada pelo deputado.

- Aqui construirei uma escola com verbas federais, vamos lançar a Pedra Fundamental. O secretário que só via lixo e mato, pergunta;

- Chefe aonde vamos lançar a Pedra?

- Na tua cabeça idiota, deixe de ser imbecil me fazendo perguntas desconjuntadas ou lhe demito por causa conjunta.

A bandinha local entoava choros, marchas, a todo o vapor, o mais alto que podiam, os rojões explodiam no céu. E tá, tara, tara, táta, tara, taratata e bum, bum, num barulho ensurdecedor.

Quando chega um homenzinho mirrado, amarelo, talvez desnutrido, com voz saindo de uma garrafa e diz ao secretário do deputado:

- Peça ao homem se ele não pode fazer a inauguração sem essa barulheira. É que minha sogra faleceu e a velha senhora era sua eleitora. Ela está sendo velada aqui perto e isso é uma falta de respeito ao defunto. O secretário se aproxima do chefe e lhe diz nos ouvidos:

- O homem diz que a sogra faleceu e se dá para parar com o barulho?

- Heeeiinnn? Nasceu???? Um nascimento num dia histórico para a cidade toca a banda, soltem mais rojões.

Foi um bafafá danado, naquele dia o diabo tinha dormido de botas. O homenzinho reclamante se irritou e falou para o deputado:

- Vá tocar a banda e soltar rojões no quinto dos inferno.

- Como é? Inaugura no inverno? Tem razão, vou agilizar a verba para inaugurar no inverno, neste calor é insuportável. 

O secretário: Não chefe, ela faleceuuuu.

- Ahhhh???Faleceu??

Então para, para, para, para tudo, vamos fazer uma visita à falecida e vá agendando novos eleitores, onde tem um velório de eleitor morto nascem 500 votos e vá convencendo os votantes facultativos e indecisos.

 

Central São-manuelense de Comunicação – Jornal O Debate, Rua Cel. Rodrigues Simões, 69
Centro – São Manuel – SP, Telefones (14) 3842.3637 / 3841-4459 – contato
Desenvolvimento e Hospedagem: TeraQualy