Por Benne Bassetto motivacao@odebateregional.com.br

Edição 574 de 23/06/2017

A IMPORTÂNCIA DOS VALORES

Os valores representam convicções básicas de que “um modo específico de conduta ou de condição de existência é individual ou socialmente preferível ao modo contrário ou oposto de conduta ou de existência”. Eles contêm um elemento de julgamento, baseado naquilo que o indivíduo acredita ser correto, bom ou desejável. 

Os valores estabelecem a base para a compreensão das atitudes e da motivação, além de influenciarem nossas percepções. Entramos em organizações com noções preconcebidas das coisas que ‘devem’ ou ‘não devem’ ser feitas. Essas noções não são desprovidas de valores; pelo contrário, elas contêm interpretações do que é certo e errado. Além disso, implicam que preferimos certos comportamentos ou resultados a outros. 

Consequentemente, os valores encobrem a objetividade e a racionalidade. Eles influenciam as atitudes e o comportamento. Suponhamos que você entre para uma empresa com a convicção de que a remuneração com base no desempenho é correta e que o pagamento por tempo de casa é errado. Qual seria sua reação ao descobrir que a nova empresa remunera o tempo de casa em detrimento ao desempenho?

Provavelmente você ficaria desapontado – e isso poderia causar insatisfação com o trabalho e o levaria à decisão de não se esforçar muito, pois, de qualquer forma, isso não vai resultar em mais dinheiro. Suas atitudes e seu comportamento seriam diferentes se seus valores fossem convergentes com a política de remuneração da empresa? É muito provável que sim.

Por que é importante conhecer os valores de um indivíduo? Os valores frequentemente constituem e explicam atitudes, comportamentos e percepções. Portanto, o conhecimento do sistema de valor de um indivíduo pode contribuir para o entendimento do que ‘faz uma pessoa ter motivação’.

O desempenho e satisfação dos funcionários tendem a ser mais altos se seus valores combinam bem com a organização. A pessoa que dá grande importância à imaginação, independência e liberdade tende a ser de pouco valor para uma organização que procura conformidade com seus funcionários. Os gestores parecem apreciar, avaliar positivamente e recompensar funcionários que ‘se encaixam’, e estes, por sua vez, tendem a ficar satisfeitos se percebem que realmente se encaixam na organização.


Abraços e sucesso!!!

Bene Bassetto

Central São-manuelense de Comunicação – Jornal O Debate, Rua Cel. Rodrigues Simões, 69
Centro – São Manuel – SP, Telefones (14) 3842.3637 / 3841-4459 – contato
Desenvolvimento e Hospedagem: TeraQualy